Vivenciando a Semana Santa e a Páscoa

Independente da crença individual, a Semana Santa pode nos levar a uma reflexão existencial que seja pautada em valores universais de solidariedade, amor e respeito ao próximo. Vivemos em um mundo marcado por conflitos que têm origem, sobretudo, na dificuldade de aceitação das diferenças étnicas e religiosas dos indivíduos, em escala global.

Portanto, sendo ou não cristão, é pertinente a ideia de ressurgir para um mundo melhor, um espaço em que os valores coletivos se sobressaiam em relação aos valores individuais. Enfim, uma sociedade mais justa, mais humana e democrática para todos.

Pensando nisso, preparamos algumas atividades com os nossos alunos para proporcionar a reflexão sobre a importância de compartilhar e agradecer. Em sala, junto com as professoras, os alunos assistiram a um vídeo explicativo sobre o real sentido da Páscoa (veja o vídeo aqui) e refletiram sobre a importância de agradecer às pessoas que nos ajudam no dia a dia. Visitaram alguns setores da escola exclusivamente para agradecer por sua parcela de contribuição no dia-a-dia da nossa escola. Foram às portarias, à secretaria, CPP, copa e cozinha, agradeceram aos professores, às tias e tios que ajudam a deixar nossa escola limpinha, à equipe de nutrição que prepara os lanches, ao pessoal que produz as atividades, módulos e toda identidade visual da escola, entre outros.

Compartilhando ovinhos de Páscoa

As oficinas de produção de ovinhos de chocolate que aconteceram nos últimos dias, foram momentos ricos de significado. Os ovinhos produzidos por eles, com o auxílio da equipe, foram enviados pra casa com a intenção de que fossem compartilhados com a família, enfatizando o valor da partilha, uma das reflexões trabalhadas.

Outra ação nesse mesmo sentido foi a arrecadação de donativos (material de higiene e limpeza, roupas, calçados e alimentos ). Os mesmos serão entregues para a Casa de Ranquines e Lar De Amparo A Crianças Para Adoção (Laca).

“Sabemos que é na infância que a criança desenvolve de modo intenso as primeiras ferramentas para um convívio social harmonioso e aprimora sua capacidade de amar e respeitar. Nada tem mais impacto na formação de uma criança do que o comportamento dos adultos que lhe rodeiam (professores e familiares). Muito mais importante do que dizer à criança o que ele deve fazer é mostrar, propiciar a vivência de atitudes positivas”, afirma a diretora pedagógica, Conceição Azevedo.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestDigg thisShare on TumblrShare on RedditShare on StumbleUponShare on VKShare on YummlyFlattr the authorBuffer this pageShare on LinkedIn
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *