Espaço Educar traz atrações locais para carnaval na Escola

Neste ano o carnaval da Escola Espaço Educar terá um formato diferente dos anteriores. Denominado ‘’Carnaval das Estações’, a festa que acontece nesta sexta-feira (09/02) contará com três atrações que ficarão fixas em diferentes espaços da escola, por onde as crianças irão circular, passando pela primeira até a última, numa duração total de 1 hora. O propósito é fazer referência aos blocos de rua e o circuito que se vê no carnaval onde os foliões percorrem os cortejos.

As estações serão: Estação do Frevo, com apresentação de passistas do grupo ‘’Pintando o Frevo’’, Estação do Maracatu, onde alguns integrantes do grupo de maracatu ‘’Baque Alagoano’’ estarão tocando e Estação Bonecos Gigantes, que contará com três bonecos gigantes do bloco ‘’Bonecos da Cidade’’.

A assessora de eventos da escola, Laís Lira, conta que o maior objetivo do evento, além da diversão, é proporcionar às crianças a oportunidade de ter contato com o carnaval popular e as atrações genuinamente nordestinas e, principalmente, alagoanas, trazendo grupos que façam referência às personalidades e expressões locais. ‘’É importante que eles tenham contato com essas manifestações culturais para que conheçam e valorizem o nosso carnaval, que é repleto de beleza e história, mas infelizmente não é tão reconhecido’’, disse Laís.

Na decoração estarão presentes pinturas desenhadas pela professora de artes Maria Mendonça, homenageando alguns blocos e figuras carnavalescas populares em Alagoas como a ‘’mamãe’’ do bloco Filhinhos da mamãe, muito tradicional nas prévias carnavalescas do Jaraguá e o Pinto da madrugada, que acontece todos os anos no sábado que precede a semana de carnaval. O Boi, uma referência muito forte no estado, não fará parte das atrações, mas estará presente na ornamentação para as crianças verem e tirarem foto.

 

Sobre as atrações

Maracatu Baque Alagoano

Baque Alagoano é um grupo percussivo que surgiu em Maceió no ano de 2007, com o interesse de fazer ressurgir o maracatu em Alagoas. Ao longo dos anos vem se firmando dentro do estado e difundido as nossas tradições por meio da execução de músicas tiradas dos folguedos locais, tendo como base o ritmo maracatu, porém sem deixar de inovar, criando novos batuques que ressaltam o nosso povo e a nossa história.

 

Pintando o Frevo

O projeto Pintando o Frevo tem como principal objetivo disseminar a cultura do frevo e trazer o passo e a música, originalmente pernambucanos, para Alagoas. O grupo já participou de diversos eventos musicais e culturais como o festival de verão de Maceió e a mostra alagoana de dança.

 

Bonecos da cidade

O tradicional bloco “Bonecos da Cidade” foi fundado há mais ou menos 50 anos por Manoel Feitosa (Mestre Netinho), que construiu a primeira boneca gigante, chamada de Chandoquinha, com aproximadamente 3 metros. Hoje, o grupo está sob o comando de seu filho, José Hilton Feitosa, conhecido como “Prego”, e conta agora com oito personagens. O bloco sai todos os anos nas ruas do bairro Ponta da Terra. Ano passado, durante as comemorações do Bicentenário de Emancipação Política de Alagoas,  o bloco saiu pelas ruas da Pajuçara.

 

 

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestDigg thisShare on TumblrShare on RedditShare on StumbleUponShare on VKShare on YummlyFlattr the authorBuffer this pageShare on LinkedIn
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *