Escola Espaço Educar oferece cursos voltados para profissionais da educação

Cursos semipresenciais são voltados para profissionais e estudantes de pedagogia e licenciaturas afins

Texto por: Luisa Gama

Motivado pela necessidade de formar seus educadores, o Centro de Formação Educar está promovendo dois cursos. Apesar de terem nascido para contemplar uma demanda interna, a coordenação pedagógica percebeu que esses cursos poderiam gerar maior contribuição social, por isso a escola está estendendo essa oportunidade para todos os profissionais da educação, que têm essas mesmas inquietações e que também desejam fazer uma educação comprometida com a qualidade. Os dois primeiros cursos são de extrema importância e de máxima urgência que nós, educadores, nos dediquemos ao estudo, já que podem colaborar com as novas práticas exigidas pelo MEC.

É uma proposta de ensino semipresencial, onde teremos encontros presenciais e por meio do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) do Espaço Educar. Os participantes terão acesso a materiais didáticos exclusivos, em uma plataforma online, com suporte especializado de professores formadores.

O curso ‘O Uso de Materiais Manipulativos no Ensino da Matemática’ foi desenvolvido a partir de uma abordagem sócio construtivista, e é voltado para professores polivalentes do 1º ao 5º ano. Ele propõe uma investigação teórica e uma observação prática sobre a importância do uso desses materiais (material dourado e ábaco) na aprendizagem da Matemática. Será ministrado pela pedagoga Alinny Pontes e tem carga horária de 30 horas.

Neste o curso será realizada uma oficina prática presencial com o objetivo de esclarecer e instrumentalizar sobre o uso de materiais diversos que contribuem para a prática docente.

Ministrado pela professora Flávia Farias, o curso ‘Conversando sobre a Nova Base Nacional Curricular Comum’ discutirá os temas propostos pelo documento e busca preparar o educador (da área de Pedagogia e/ou licenciaturas como História, Geografia, Matemática, Educação Física) para a prática docente. O curso tem carga horária de 60h.

“Para os educadores e profissionais da área de educação, é fundamental o conhecimento técnico das normativas que foram aprovadas pela NBNCC, uma vez que, a grande mudança consiste na evolução do processo ensino/ aprendizagem quando este promove uma ruptura da transmissão de conhecimento e ou informação, para a necessidade de aplicação prática do mesmo. Essa nova forma está evidenciada na distinção e relação intrínseca entre competências e habilidades, que foram propostas pela NBNCC em todas as áreas de conhecimento e em todos os segmentos, do infantil ao ensino fundamental. Essa mudança reflete o resultado de estudos que revelaram, ao longo dos anos, que os estudantes brasileiros não têm compreensão daquilo que estudam ou para que estudam, explicou Flávia Farias.

Para a professora formadora, esse é o grande desafio: trazer a matemática, a história, a geografia, as linguagens, para a vida, transpondo a informação descompromissada com o protagonismo que se espera do sujeito que aprende.

Para Conceição França, diretora pedagógica da Escola Espaço Educar, o acesso a estes cursos permitirá aos educadores o aprofundamento de conhecimentos necessário para as ações pedagógica nos próximos anos. É urgente que as escolas se preparem para essas mudanças e que possam favorecer as suas equipes possibilidades e experiências formadoras para a atuação em consonância com as orientações da NBNCC.    

Sobre a nova Base Nacional Comum Curricular

A BNCC, que entrou em vigor 15 de dezembro de 2017, é um documento que determina os conhecimentos essenciais que todos os alunos da Educação Básica (Educação Infantil ao Ensino Fundamental II) devem aprender, ano a ano, independentemente do lugar onde moram ou estudam. Todos os currículos de todas as redes públicas e particulares do país deverão conter esses conteúdos.

Ao definir o que os alunos precisam aprender em cada ano escolar, a BNCC pode ajudar de diversas formas: o planejamento das aulas fica mais claro e objetivo; os alunos vindos de outras escolas ou redes não chegarão com aprendizados diferentes; a troca de experiências de sucesso e o compartilhamento de dificuldades são potencializados.

Sobre as professoras formadoras

Alinny Pontes é pedagoga e Pós Graduanda em Administração com ênfase em Educação Matemática, aluna espacial de Mestrado pela Universidade Federal de Alagoas na disciplina Didática da Matemática e tem 7 anos de experiência no ensino de Matemática em turmas do Ensino Fundamental I.

Flávia Farias é graduada em Estudos Sociais, professora formadora do Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio (MEC), certificadora do Exame Nacional do Ensino Médio – INEP, especialista em Avaliação (PUC/MG), consultora e assessora pedagógica, professora de Ciências Humanas e suas Tecnologias.

Os dois cursos terão encontros presenciais e iniciarão dia 14 de abril. Os certificados serão entregues aos participantes no final do curso.

 Inscrições abertas através do link: www.escolaespacoeducar.com.br/cfeducar

Mais informações:

centrodeformacao@escolaespacoeducar.com.br ou (82) 3327-5285

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestDigg thisShare on TumblrShare on RedditShare on StumbleUponShare on VKShare on YummlyFlattr the authorBuffer this pageShare on LinkedIn
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *